Contos: Sutilmente, de Nina Spim


Sinopse: A escola pode ser um ambiente hostil para se fazer amizades e, ainda mais, para se apaixonar pela primeira vez. No entanto, é justamente na sala de aula que Giovana conhece a nuance e a cor do amor. Laura poderia ser a típica aluna nova amedrontada, mas seu mundo particular, cheio de certezas escondidas, nunca mais será o mesmo depois de conhecer a libertação que o novo provoca.

Detalhe: Infelizmente, não pude comentar muito sobre o conto, porque como ele é curtinho, contendo apenas treze páginas, qualquer revelação poderia acabar virando Spoiler, então procurei falar o mínimo possível, mesmo gritando interiormente.

Tenho que admitir que de início, eu odiei a protagonista. A cada pensamento dela, eu ficava com aquele sentimento de nervosismo, com vontade de entrar na história e dar uma chacoalhada nela, para ver se a mesma acordava para a vida. Pois bem, se essa era a reação que a personagem deveria produzir nos leitores, parabéns, porque comigo deu muito certo.

Sei que existem muitas pessoas assim no mundo e não digo que está errado (até porque não existe certo ou errado nesse quesito), mas que tive meus momentos de tensão aqui, eu tive. Ela sempre precisava afirmar que era observadora, que tinha seus amigos, que podia sentar na janela, mas o que ela fazia com isso? Nada. Ela não fez nada quase o conto inteiro, a não ser ficar observando uma novata e querendo muito se aproximar, e eu não aguentava mais esperar por uma mudança de atitude. E quando ela veio, foi maravilhoso, encantador. Por falta de palavras para explicar como me senti com esse conto, irei parafrasear: 
“De vez em quando é bom colorir vidas em preto e branco”.

A narrativa é em primeira pessoa, o que eu amo. Eu comecei a ler tendo um pensamento, como vocês mesmo podem perceber no início do post, mas minha opinião foi mudando, e para melhor. O conto, ao meu ver, fala, exatamente, das nuances e profundezas que existem (ou deveriam existir) nos relacionamentos. Em um mundo tão vazio e superficial, é bom ler algo que descreva, exatamente, a simplicidade e os significados ocultos que podem existir no silêncio, em um pequeno olhar ou gesto, e como é lindo quando esses sentimentos e sensações transbordam e ganham forma, inundando tudo com beleza e magnitude.

Obrigada por nos presentear com esse conto magnífico, Nina Spim. Eu sempre adoro tudo o que escreve. Uma frase e até mesmo uma única palavra adquirem milhões de sentidos. Parabéns por mais essa conquista e muito sucesso na sua jornada.

Mais sobre a autora:


Nina Spim é uma escritora sonhadora dotada de blue feelings. Acredita no amor, em sorrisos e olhares sinceros, na gentileza e em tudo aquilo que é sutil. É acadêmica do curso de Jornalismo na PUC-RS. Autora dos contos “Heart and Love” e “Coisas, definitivamente, de Amélia”, das Antologias Amor nas Entrelinhas e Aquarela, respectivamente, pela Andross Editora. Autora dos contos "Caleidoscópio", "Imersão" e "Sutilmente", publicados na Amazon, e do conto "Roda-gigante", publicado online na revista Fluxo. Colaboradora nos sites Leitura Dinâmica, CONTI outra, Sobre as Mulheres e Sábias Palavras.

Arte da capa por Alice Gonçalves.
Fanpage da autora aqui.
Blog da autora aqui.
Para adquirir o conto na íntegra basta clicar aqui e ser feliz.

Conte-me nos comentários o que achou. Para seguir o Blog é só clicar na lateral superior direita, onde está escrito: "Participe deste site". 
Beijos e até a próxima postagem.

You Might Also Like

7 comentários

  1. Respostas
    1. Quero poder resenhar um livro seu também, Vivi.
      Beijos e até a próxima postagem.

      Excluir
  2. Que ótimo! Vontade de ler esse conto A-GO-RA!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deixei o link para ler no post, Ju. Acredito que irá gostar.
      Beijos e até a próxima postagem.

      Excluir
  3. Olá, Cinthia.

    Parabéns pelo blog, está lindo. Adorei o post, realmente dá vontade de parar tudo e ler o conto.

    Quero te convidar para conhecer o Projeto Bastidores (https://www.facebook.com/Projeto-Bastidores-876064145817535/?fref=ts), onde estou dando dicas para autores iniciantes. Já curti sua fanpage por lá.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  4. Oi boneca,

    Quero parabenizar pelos seus "multitalentos",li o prefácio do seu blog e adorei.Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bel. Que saudade. Muito bom você por aqui.
      Que bom que gostou. Beijos e até a próxima postagem.

      Excluir