O Retorno do Blog: Por onde andei?


Oi, pessoal! 
Sei que estou muito sumida, mas prometo que foi por um bom motivo.

No início do ano, comecei a trabalhar como professora de apoio de português em um colégio da minha cidade e não tenho palavras para dizer como essa experiência tem sido incrível e gratificante para mim.

Quando entrei para a faculdade de Letras, meu intuito era trabalhar como revisora de livros, já que também escrevo, mas vi a oportunidade de dar aulas e resolvi me aventurar. Foi surpreendente e parecia que eu tinha nascido para isso. Sério! Uma das melhores coisas do mundo é estar no meio daquele monte de jovens com sede de conhecimento e olhinhos brilhantes quando você termina de explicar algo. Claro que nem todos os alunos são assim. Alguns não querem estudar e dão muito trabalho, mas até esses são um desafio para continuar tentando mudar algo.

O melhor de tudo é que essas crianças te dão todo o amor e respeito do mundo, querem ouvir suas histórias (sim, já contei partes de todos os meus livros para muitos dos meus alunos) e dão muita atenção, se empolgam de uma maneira maravilhosa e te deixam também mais empolgada com a vida. Acho que o melhor de se trabalhar com essa faixa etária é isso. Eles te devolvem a vida, te trazem alegria, esperança. Não é tudo um mar de flores, repito. Tem muita dor de cabeça também, mas, no final do dia, quando paro pra pensar em tudo que venho passando, eu só tenho a agradecer a Deus por ter colocado essa profissão no meu caminho. Uma amiga uma vez me disse que eu era maluca de querer ser professora, por ser uma profissão desvalorizada, mal paga e tudo mais. Eu concordei com ela, mas eu a respondi que “As crianças precisam aprender, alguém tem que ensinar e eu acredito que Deus me deu essa missão, então não tenho do que reclamar.” 

Em suma, esse é o motivo pelo qual não postei nada no blog nos últimos tempos. Estive muito atolada com estudos, planejamento de aulas, com a escola e etc. Agora que estou de férias, tentarei me dedicar mais e continuar assim quando as aulas retomarem. Agora que eu já me acostumei um pouco mais com meu novo emprego, acredito que arrumarei mais tempo. 

Gostaria de agradecer a todos que me apoiaram nesses últimos tempos, aos meus alunos, aos professores e colegas de trabalho que muito me ensinam, aos meus familiares, ao meu noivo lindo e a Deus. 

Obrigada por tudo!!!








You Might Also Like

2 comentários

  1. Fico feliz que tenha voltado!!! E muito admirada também, com o seu prazer em ensinar como professora, espero um dia conseguir esse orgulho todo de ser uma professora...
    Espero posts em breve contando um pouco mais sobre as suas histórias e textos^^


    - Happiness Gabriela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Lari. E pode deixar que virão muitos textos e histórias por aí. Beijo grande. Se cuida.

      Excluir