Asian Universe: Como eu virei trouxa!


Ninguém me entende. Sério! Exceto as trouxas/melhores pessoas do mundo que conheci na internet. Sim, conheci na internet. "Ah, mas não se conhece ninguém confiável na internet". Eu conheci. Não gostou? Processe-me.
Tudo começou no dia que a minha série favorita chegou ao fim. Pensou que toda essa tristeza seria por causa de um garoto, não é? Sorry! Não sou dessas. Eu não sabia como seria a vida depois de ter passado pelas idas e vindas de Blair e Chuck ou de acompanhar as doideiras de Selena. Ou depois de saber (Alerta de spoiler) que Dan era Gossip Girl. Isso foi um choque para mim!!! Então, fiquei órfã de séries. A ferida já estava aberta desde que o Luke abandonou One Three Hill, e das atuais, nenhuma tinha realmente prendido a minha atenção. Até que uma amiga me mandou um link e disse que eu não me arrependeria.
De início, achei bem estranho. Tinha um monte de asiáticos passando vergonha alheia. Foi quando dei a minha primeira gargalhada. E também o romance era diferente; puro, inocente. Terminei em dois dias. E tinha 16 episódios. Bateu aquela ressaca pós-dorama. É. O nome dessas "séries orientais" são doramas. Ou dramas. Falei com minha amiga novamente. Ela me jogou em um grupo. Todos lá gostavam das mesmas coisas, indicavam e te ajudavam a encontrar onde fazer os downloads dos doramas. Alguns até dedicavam seu precioso tempo para fazer as traduções para que nós pudéssemos assistir. Assisti mais uns dois doramas. Tinha ensinamentos, era uma cultura diferente. Fiquei impressionada!
Conheci um monte de dorameiras. Elas me acolheram como se fôssemos uma família. Até que um dia vi um vídeo. Só tenho algo a dizer: era K-pop. Todos me disseram: “Cuidado, amiga, não tem volta.” Pensei: "Que bobeira! Paro quando eu quiser." EXO, BTOB, Big Bang, AOA, Red Velvet, FX, 4Minute... A lista estava ficando gigantesca. Quando vi já tinha entrado em mais de cinco fandons. E eu nem sabia o que era um fandom antes de entram em um.

Comecei a só falar de K-pop e de doramas. Os meus amigos "normais" não me aguentavam mais, minha família estava cansada de me escutar cantando "I wanna reset hab guriri kgfm do hdjfaka aihaihaiaha". Assim que deveria parecer para eles. Eu não sei falar coreano.
Tentei parar. Eles tinham razão. Volta não existe. Tentei mais um pouco. Não deu certo. HyunA me chamava. Changsub me olhava com aquela cara de babaca. Pensei: "Vou escutar só mais um pouco". Chanbaek e Kaisoo me acharam. Eu estava amando. Joguei tudo para o alto, parei de lutar contra. Virei trouxa. Sou feliz assim. Julguem-me!

Uma das responsáveis por eu estar nesse "universo asíatico" é a minha grande amiga/salvadora Clara. E eu só tenho a agradecer. Visite a página dela em homenagem ao BTOB e à todas as Melodys. Fighting!

Aproveitem e assistam essa paródia da música Bad, do Infinite, que tem tudo a ver com a postagem e me mata de rir:



E vocês, já conheciam os doramas ou K-pop? Conte-me nos comentários. 

Para seguir o blog é só clicar na parte superior direita onde está escrito "Participe deste site". Beijos e até a próxima postagem.

You Might Also Like

0 comentários